O que ninguém cantou sobre a Jennifer.

Acredito que todo mundo já conhece a Jennifer.
Não quero problematizar a música, o cantor, ou nada a respeito disso (até porque não é meu perfil), mas trago alguns pensamentos que são consequências de quem Jennifer representa na nossa sociedade.

Até quando as pessoas serão identificadas pelo que podem fazer pelos outros?
Vivemos em uma geração tão automatizada com aquilo que querem e podem alcançar, que simplesmente passam a enxergar a quem está do seu lado como um objeto para alcançar suas necessidades.

E isso hoje é muito visto principalmente em relacionamentos. Até quando veremos as pessoas classificando umas as outras pelo que conseguem com a outra a despeito de suas características? A mulher da música com certeza tem uma vida e uma história, tem lutas, sonhos e é muito maior do que foi falado sobre ela.


“Se você não consegue compreender a importância da sua vida e o quanto que você é especial em sua identidade inicial, certamente você refletirá seu vazio nos outros ao seu redor

Jennifer não é o personagem central, mas a consequência do panorama. Jennifer é o objeto, é a que “faz umas paradas”, a que é comparada com a antiga, mas ela não é a oficial (nunca saberemos se será). Jennifer pode ser João, Tiago, Marcela ou até mesmo Enzo. Um fruto emergente da sociedade que coloca os prazeres acima do essencial.

photo of person's hands

Conheço pessoas que acham normal viver uma vida desta maneira, mas para todos aqueles que conhecem a palavra da Verdade, certamente esta é uma realidade que foge do padrão.

Hoje, temos a representação dessa mulher, que talvez até em silêncio chama por atenção, chama para ser reconhecida e para ter uma identidade por quem ela é.

“Quem não é visto, não é lembrado” Ei, você não precisa ser visto por homens, se o Céu já sabe quem você é. Não lute por aceitação. Seja o reino independente dos outros.

Graças a Deus que temos um pai que não vê como vemos, mas enxerga o nosso coração, enxerga nossos maiores segredos e escuta nossos maiores silêncios. Ele sabe quem somos e não nos abraça pelo que podemos fazer aos outros. Abraça por saber exatamente quem nascemos pra ser.

Todos e todas as Jennifers, reajam e não se deixem perder o essencial para se tornarem algo que vocês não precisam ser. Não se achem inferiores e não aceitem qualquer situação para poder se verem de alguma forma, sendo o centro de algo. O amor não vem dessa forma, a resposta não vem com exposição e sentimento não vem com indiferença.

person wearing black pants and top standing on wall


Todos aqueles que expõem e agem como vazios e usurpadores, aqueles que oprimem e fazem dos outros como objetos, a minha oração é que vocês descubram quem vocês são e tenham a suas vidas preenchidas pela graça que transforma.

Só quem viveu em uma gaiola de aceitação, sabe a sensação que é sentir a grade sendo aberta.
Só quem se sentiu usado, sabe a sensação que é ter a liberdade para ser alguém de verdade.

Você é alguém. Nunca esqueça isso.

_____________________________________________

Me siga nas redes sociais:
Instagram: @alvaroomedeiros
Facebook: /alvaroomedeiros
Youtube: /alvaroomedeiros

10 pensamentos

  1. Texto edificante e de uma reflexão extraordinária. Que o senhor continue te abençoando e fazendo resplandecer através de sua vida toda a glória dele.

    Parabéns!

    Curtir

  2. Glória a Deus.
    “Só quem viveu em uma gaiola de aceitação, sabe a sensação que é sentir a grade sendo aberta.
    Só quem se sentiu usado, sabe a sensação que é ter a liberdade para ser alguém de verdade.”

    pura verdade, Deus te use mais e mais.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.