Limites. Todo mundo tem.

Enquanto escrevia, ouvia essa música! Dá um play!

Hoje é dia 12 de janeiro de 2019 e completei recentemente meus 26 anos de velhice! É incrível como consigo somar muitas experiências e aprendizados durante este tempo. Aprendi o quanto que eu sou mais forte para umas coisas do que outras, enquanto isso, para outras situações a resiliência parece não existir.

Sempre fui aquele cara muito tranquilo, mas sempre muito pensativo e reflexivo sobre muitos aspectos do meu cotidiano. Tive uma adolescência bem difícil (falarei em outro momento sobre) e acabei que tive uma necessidade de aceitação muito grande e isso acabou me tornando quem eu mais temia: aquele que não sabe dizer não.

Durante muito tempo, na necessidade de agradar demais, me tornei um Frankestein, onde partes do meu eu eram modeladas para poder abraçar o todo e todos aqueles que de alguma forma eram importantes para mim. Acredito que direta ou indiretamente, todos já fizeram ou fazem isso de alguma forma, mas, quando estamos assim, certamente não conhecemos a nossa identidade.

grayscale photography of person on beach

Acredito completamente que minha vida tomou realmente outro rumo quando entendi minha identidade de filho!

“Contudo, aos que o receberam, aos que creram em seu nome, deu-lhes o direito de se tornarem filhos de Deus” João 1:12

Foi quando eu entendi de quem eu era, entendi quem eu era e quem eu deveria ser que minhas partes deixaram de se ver como pedaços e entenderam que faziam parte de um todo. E é através disso que passamos a olhar para dentro de nós com outros olhos. Passamos a entender até onde vai o “sim” e ate onde vai o “não”. O processo do amadurecimento não tem a ver com fazer “mais” para Deus, mas sim, fazer o que deve ser feito para Deus.

“Quando entendemos o limite da nossa saúde emocional, tudo muda. Simplesmente aprendemos que há lutas e situações que não devemos absorver, pois, se adoecermos todo o resto do propósito vai parar.”

Hoje, entendo que é mais que necessário negar algumas situações se isso fará com que nosso chamado estacione. Eu sei quem eu sou e tudo aquilo que me coloque em alguma situação que me afaste do  propósito de Deus, automaticamente, será necessário que eu tome medidas de segurança.

Saiba seu limite, seja físico, emocional, psicológico ou qualquer que seja e peça ajuda a Deus para que você continue. Evite abraçar aquilo que vai te fazer parar.

2 pensamentos

  1. Jesus tu és maravilhoso.como estou impressionada com esses palavras e lindo como Deus te usa que através de vc muitos jovens são alcançado .sou baiana e vou te falar se vc lançar um livro hj eu fazeria de tudo pra comprar, estou ansiosa pra ler sobre sua adolescência. Álvaro eu não tenho dúvida o quanto vc é usado pelo Espírito Santo oro pelo seu ministério parabéns.também tive uma adolescência difícil tive uma crise de identidade na minha caminhada ja pensei em desistir mim lembro que em um desce momento de desânimo eu descobrir sua música descanso e isso levatou meu ânimo Mim fez buscar mas ansiar pela presença do Espírito Santo na minha vida .agradeço muito a Deus por usar vc pra mim fazer enxergar o canto ele mim ama.

    Curtir

  2. Muito obrigado Fabiana!
    Tenho certeza que podemos fazer mais para Deus!
    É sempre importante sabermos quando parar e também começar, por isso, comecei esse blog!
    Em breve estarei escrevendo mais sobre identidade e um pouco sobre alguns aspectos que fizeram minha identidade se perder!

    Deus abençoe muito sua vida e obrigado pelo apoio!
    Conto com você! Abraço!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.